FacebookTwitteryoutubeSlideshareAPP
Get flash player to play to this file
FACEBOOK
NEWSLETTER

Remover e-mail da newsleter:

DESTAQUES

Sede da APFF - Porto da Figueira da Foz

Sobrevoando o Porto da Figueira da Foz #3

Sobrevoando o Porto da Figueira da Foz #2

Porto da Figueira da Foz em movimento #1

Porto da Figueira da Foz em movimento #2

Porto da Figueira da Foz #Crepúsculo [VÍDEO-FOTO]

Regata dos Portos do Centro 2011 - Figueira da Foz (2)

Assinatura do contrato de concessão dos Estaleiros Navais do Mondego - José Luís Cacho

Dia Mundial do Mar na Figueira da Foz - 2010 (6)


METEO
Tempo Figueira da Foz
TWITTER
LINKS




FOTOS

 Vista aérea da Marina

Vista aérea da Marina
SLIDESHOW



Porto da Figueira da Foz cresce 22% no 1.º Trimestre de 2020

No período de janeiro a março de 2020, o Porto da Figueira da Foz movimentou 503.226 toneladas, o que representa um crescimento de 22% em relação ao mesmo período de 2019.

Este crescimento teve por base a subida em 57% na movimentação de Carga Geral Fracionada, onde se destaca o tráfego de Pastas Químicas de Madeira e Produtos Florestais com crescimentos, respetivamente, de 79% e 33%. Os Granéis Sólidos surgem também com uma subida de 1%, originada pela movimentação de Produtos de Vidro que atingiram um crescimento de 46%.

Boas notícias que correm a par com o anúncio da aprovação, pela APFF, do novo Plano trienal de Receção e Gestão de Resíduos do Porto da Figueira da Foz para o período 2020-2022.

Este documento tem vindo a garantir a adequada receção e gestão dos resíduos de navios até à presente data e está sujeito a aprovação da DGRM – Direção Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos.

Recorde-se que a Diretiva (UE) 2019/883 do Parlamento Europeu e do Conselho, de 17 de abril de 2019, relativa aos meios portuários de receção de resíduos provenientes dos navios tem como principal objetivo proteger o meio marinho contra os efeitos negativos das descargas de resíduos provenientes dos navios que utilizam os portos situados na União Europeia (UE), assegurando ao mesmo tempo o bom funcionamento do tráfego marítimo, melhorando a disponibilidade e a utilização dos meios portuários de receção adequados e a entrega de resíduos nesses meios.
Neste âmbito, têm ainda os portos que elaborar planos de receção e gestão de resíduos, de modo a promover a respetiva recolha e tratamento.

 




Data: 2020-04-10

feed
mapa