FacebookyoutubeSlideshareAPP
Get flash player to play to this file
FACEBOOK
NEWSLETTER

Remover e-mail da newsleter:

DESTAQUES

Sede da APFF - Porto da Figueira da Foz

Sobrevoando o Porto da Figueira da Foz #3

Sobrevoando o Porto da Figueira da Foz #2

Porto da Figueira da Foz em movimento #1

Porto da Figueira da Foz em movimento #2

Porto da Figueira da Foz #Crepúsculo [VÍDEO-FOTO]

Regata dos Portos do Centro 2011 - Figueira da Foz (2)

Assinatura do contrato de concessão dos Estaleiros Navais do Mondego - José Luís Cacho

Dia Mundial do Mar na Figueira da Foz - 2010 (6)


METEO
Tempo Figueira da Foz
TWITTER
LINKS




FOTOS

 Estação de Caminhos de Ferro - Vista aérea

Estação de Caminhos de Ferro - Vista aérea
SLIDESHOW



Fábrica da Cimpor no Cabo Mondego encerra a 15 de Março

O presidente da Câmara da Figueira da Foz revelou que a fábrica de cal hidráulica da Cimpor no Cabo Mondego encerra a 15 de março e que a situação dos 28 trabalhadores será "acautelada" pela empresa.

Intervindo durante a reunião do executivo, João Ataíde (na foto) disse que a intenção de encerrar "definitivamente" a atividade daquela indústria lhe foi transmitida por um administrador executivo da cimenteira, aludindo ao "manifesto prejuízo" daquela exploração.

"A situação dos trabalhadores está acautelada. Vão ser orientados para um sistema de pré-reforma, financiado pela empresa", afirmou o presidente da Câmara.

Disse ainda que o fecho da fábrica, situada na área do monumento geológico do Cabo Mondego, pressupõe o desmantelamento e recuperação do espaço, "com minimização de impactos ambientais", processo que será acompanhado pela Agência Portuguesa do Ambiente e que "vai demorar algum tempo", entre um a dois anos.
"Será um tempo relativamente prolongado, não é para amanhã", frisou o autarca.

Disse ainda que a preservação do geomonumento do Cabo Mondego "será incluído na estratégia" que a própria Cimpor venha a definir para o espaço.

João Ataíde manifestou ainda que a informação do fecho da fábrica é uma "notícia boa e má" para o concelho, porque, se por um lado, é uma atividade económica que encerra, por outro permite dar resposta a um anseio de décadas por parte das populações.

"Estamos disponíveis para refletir sobre o destino a dar ao local. Estamos determinados a poder explorar um acesso rodoviário a Quiaios [a freguesia a norte da Figueira da Foz, atualmente acessível por uma estrada de terra, com vista para o mar, que atravessa os terrenos da Cimpor a partir da serra da Boa Viagem], é uma oportunidade com o fecho da fábrica", argumentou.

Também o vereador Daniel Santos, do movimento independente Figueira 100 por Cento, considerou o encerramento como uma notícia "boa má": "não é realizado pelas melhores razões, mas há anos que a Figueira da Foz tinha esta expectativa", sustentou.

fonte: LUSA


Foto: Público


 




Data: 2013-02-20

feed
mapa