FacebookTwitteryoutubeSlideshareAPP
Get flash player to play to this file
FACEBOOK
NEWSLETTER

Remover e-mail da newsleter:

DESTAQUES

Sede da APFF - Porto da Figueira da Foz

Sobrevoando o Porto da Figueira da Foz #3

Sobrevoando o Porto da Figueira da Foz #2

Porto da Figueira da Foz em movimento #1

Porto da Figueira da Foz em movimento #2

Porto da Figueira da Foz #Crepúsculo [VÍDEO-FOTO]

Inauguração do Prolongamento do Molhe Norte do Porto da Figueira da Foz (5)

Regata dos Portos do Centro 2011 - Figueira da Foz (2)

Assinatura do contrato de concessão dos Estaleiros Navais do Mondego - José Luís Cacho

Dia Mundial do Mar na Figueira da Foz - 2010 (6)


METEO
Tempo Figueira da Foz
TWITTER
LINKS




FOTOS

 «Sta. Maria Manuela» na Figueira da Foz

«Sta. Maria Manuela» na Figueira da Foz
SLIDESHOW


No último mês do ano passamos em revista alguns dos temas abordados no portal e newsletter do Porto da Figueira da Foz em 2018.



PREJUÍZOS CAUSADOS PELA TEMPESTADE «LESLIE»

Encontra-se aberta, desde esta terça-feira, 4 de Dezembro, a linha de crédito destinada a apoiar os custos da reabilitação das instalações e equipamentos, bem como as necessidades de fundo de maneio, associadas ao relançamento das actividades afectadas pela tempestade LESLIE.



52.º ANIVERSÁRIO DO PORTO DA FIGUEIRA DA FOZ

Comemoram-se esta terça-feira, dia 30 de outubro, os 52 anos da inauguração dos primeiros molhes do Porto da Figueira da Foz. O simbolismo desta efeméride conferiu a esta data a denominação de “Dia do Porto da Figueira da Foz.”
 



Pela positiva destacaram-se, no decorrer do mês de Agosto, os portos de Aveiro e da Figueira da Foz, com crescimentos acentuados de +26,5% e de +17,2%, respectivamente. Ao olharmos isoladamente para Agosto verificamos que a carga contentorizada denotou um crescimento homólogo de +11,5%, sendo factor decisivo para fixar o valor global da movimentação mensal nos 8.235.376 de toneladas.
 



TEMPESTADE LESLIE

A Ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, classificou, esta quarta-feira, a situação no porto de pesca e comercial da Figueira da Foz de "muito grave", no seguimento da tempestade Leslie, e estima prejuízos de 5 milhões de euros.

"Há uma cenário de grande complexidade na Docapesca, no porto comercial, na indústria de pescado, bem como em toda a pesca", estimando um valor "ainda não muito concreto" de 5 milhões nos prejuízos da economia do mar, sem contabilizar ainda o facto de "não se poder laborar durante algum tempo".



MAU TEMPO

A passagem da tempestade Leslie pela área portuária da Figueira da Foz provocou prejuízos superiores a cinco milhões de euros, de acordo com um levantamento preliminar dos danos concluído dia 16, revela Luís Leal, do Conselho de Administração do porto (APFF).

Em declarações à agência Lusa, Luís Leal estimou os prejuízos entre os cinco e os seis milhões de euros, quer em infraestruturas públicas adstritas à atividade portuária, quer em empresas e associações instaladas na área de domínio público marítimo.



O navio de cruzeiros Hebridean Sky atracou esta quarta-feira, por volta das 7h00, no Porto da Figueira da Foz, tendo deixado esta cidade cerca das 18h00. Construído em 1991, navega actualmente com bandeira das Bahamas.
 



FIGUEIRA DA FOZ

A adjudicação do projecto e do estudo de impacte ambiental do aprofundamento da barra e do canal de navegação do Porto Comercial da Figueira da Foz será feita em outubro. As obras, por sua vez, deverão iniciar-se no último trimestre de 2019, estendendo-se até julho de 2021.O custo da empreitada está estimado em 16 milhões de euros. O valor das obras é cerca de um terço em relação àquele que estava inicialmente previsto.



EM DIA DE GREVE TOTAL DECRETADA PELO SEAL

Naquele que era o primeiro dia de greve total decretada pelo SEAL para o Porto da Figueira da Foz, as operações decorreram normalmente e sem qualquer perturbação.
Quem o garante é Raúl Capão, Manager da Foztráfego, que, à nossa publicação garantiu mesmo que, embora grande parte dos estivadores da Figueira da Foz sejam associados do SEAL, a maioria desses mesmos associados optou por ignorar o apelo lançado desde Lisboa por António Mariano.



MIGUEL MARQUES (PwC):

A cidade da Figueira da Foz percebeu muito bem que para além de tremendamente injusto, seria profundamente irracional esquecer toda uma cultura ligada a este extraordinário produto. A criação do núcleo museológico do sal é um sinal fantástico de como a antropologia, a sociologia e a museologia nos podem dar pistas importantes para o futuro. Preservando a memória e o legado do passado, os Figueirenses criaram uma nova dinâmica para as salinas do Estuário do Mondego, que envolve a museologia, a cultura, a sociologia da comunidade de Marnotos que ali se instalou e que tendia a desaparecer.



INQUÉRITO AO NAUFRÁGIO DO «VENEZA» | NOVEMBRO 2017

Uma manobra errada na recolha da rede de pesca, o não fecho de várias portas do barco - prejudicando a estanquidade - e alterações não aprovadas que tiraram a estabilidade do arrastão, foram as causas do naufrágio do ‘Veneza’ na madrugada de 29 de novembro de 2017. O acidente, a 20 km ao largo da Figueira da Foz, provocou quatro mortos. O corpo de um deles, o mestre Orlando Fonseca, ainda não foi encontrado.



Segunda dados avançados ao DIÁRIO AS BEIRAS pela Administração do Porto da Figueira da Foz (APFF), o movimento de cargas no porto comercial registou, no segundo trimestre deste ano, um crescimento de três por cento, em comparação com o período homólogo de 2017. No total, até finais de junho, foram movimentadas 1,3 milhões de toneladas, mais 37 mil. Por outo lado, o saldo positivo da balança comercial cresceu cerca de 10 por cento, com as exportações a atingirem os 70 por cento.



O Porto da Figueira da Foz registou, este ano, um aumento de 12,4 por cento das cargas movimentadas, em comparação com período homólogo de 2017. Quem o afirma é a Autoridade da Mobilidade e dos Transportes.



FIGUEIRA DA FOZ

Estão abertas as candidaturas para o concurso SOL a SAL, promovido pelo laboratório MAREFOZ - Universidade de Coimbra.
O concurso tem como objetivos: Valorizar o Produtor e Método de Produção de Sal Marinho; Valorizar os Produtos Diferenciados do Salgado da Figueira da Foz; Incentivar a Inovação no Salgado da Figueira da Foz.



O "Nikolayevitch", com armador russo e pavilhão das Ilhas Cook, 140 metros de comprimento e 16,5 de boca, bateu o record do maior navio mercante de carga geral a ancorar no Porto Comercial de Fi-gueira da Foz. O cargueiro, oriundo da Alemanha, fez escala nesta cidade para carregar quatro mil toneladas de pasta de papel, tendo como destino o porto turco de lzmir.



CANDIDATURAS ATÉ 2 DE SETEMBRO

Com o objectivo de, por um lado, promover o empreendedorismo e a inovação e, por outro, incentivar a criação de novos conceitos de negócio, o concurso pretende estimular a criatividade em sectores emergentes da Economia do Mar, apoiando o empenho das empresas e fomentando o desenvolvimento de startups.

Assim, até 2 de setembro, o Projecto Platicemar aguarda a entrega de candidaturas. A ideia vencedora terá um prémio monetário no valor de 5.000 euros.



PORTO DA FIGUEIRA DA FOZ

Olinto Ravara acaba de assumir a presidência do Conselho de Administração do Porto de Aveiro (APA, S.A.) e, por inerência, a presidência do Conselho de Administração da APFF, S.A, na sequência da renúncia de João Borges. A substituição destina-se a assegurar o cargo até nova nomeação dos órgãos sociais.



ESTA QUARTA-FEIRA, NA FIGUEIRA DA FOZ

A ACIFF organiza o Roadmap para a Economia do Mar e TICE: Que negócios?, a decorrer esta quarta-feira, 27 de junho, entre as 15:00 e as 17:30, na Incubadora de Empresas da Figueira da Foz.

Espaço para assistir a casos de estudo da Economia do Mar relevantes para a sua empresa, expandir a sua rede de contactos e contribuir para a discussão e definição de ações concretas, através de mesas-redondas com a participação de empresários, investigadores e empreendedores.



Se em 2005 as dragagens efectuadas no porto da Figueira da Foz para aumentar de 5,5 para 6,5 metros o calado dos navios permitiu a duplicação da carga movimentada, há boas razões para crer que novas obras para aceitar embarcações de oito metros levem a um ainda maior aumento da procura.

E não se trata só de crer. A Comunidade Portuária do Porto da Figueira da Foz, que é composta pelos principais empresas que ali operam, tem estudos de mercado que demonstram que basta um investimento de 16 milhões de euros para reposicionar aquela infra-estrutura no mapa dos portos marítimos nacionais.



AUTARQUIA E PORTO DA FIGUEIRA DA FOZ REITERAM INTERESSE NOS CRUZEIROS

O Presidente da Câmara da Figueira da Foz, João Ataíde, os vereadores Nuno Gonçalves, Ana Carvalho e Mafalda Azenha e o Presidente da Assembleia Municipal, José Duarte, visitaram esta quarta-feira o cruzeiro “Serenissima”, com 75 passageiros a bordo, ingleses e irlandeses, e 50 tripulantes de várias nacionalidades, entre os quais o português Fernando Soares. O navio chegou ao porto comercial às 08H00 e soltou amarras às 20H00.



feed
mapa