FacebookTwitteryoutubeSlideshareAPP
Get flash player to play to this file
FACEBOOK
NEWSLETTER

Remover e-mail da newsleter:

DESTAQUES

Sede da APFF - Porto da Figueira da Foz

Sobrevoando o Porto da Figueira da Foz #3

Sobrevoando o Porto da Figueira da Foz #2

Porto da Figueira da Foz em movimento #1

Porto da Figueira da Foz em movimento #2

Porto da Figueira da Foz #Crepúsculo [VÍDEO-FOTO]

Inauguração do Prolongamento do Molhe Norte do Porto da Figueira da Foz (5)

Regata dos Portos do Centro 2011 - Figueira da Foz (2)

Assinatura do contrato de concessão dos Estaleiros Navais do Mondego - José Luís Cacho

Dia Mundial do Mar na Figueira da Foz - 2010 (6)


METEO
Tempo Figueira da Foz
TWITTER
LINKS




FOTOS

 Forte e Edifício-Sede da APFF

Forte e Edifício-Sede da APFF
SLIDESHOW
FIGUEIRA DA FOZ Exposição de fotografia «Vista para o Mar»

O Laboratório MAREFOZ inaugurou a 20 de Outubro a exposição de fotografia «Vista para o mar», no Centro Comercial Foz Plaza, na Figueira da Foz. A mostra enquadra-se na comemoração do 2º aniversário do programa educativo deste laboratório, o SERMARE.
Das Maldivas à Madeira, a exposição de fotografia propõe um encontro com o mar revelando espécies surpreendentes e comuns, habitats nacionais e exóticos, apresentando o trabalho de Emanuel Gonçalves, biólogo marinho, investigador do MARE-Centro de Ciências do Mar e do Ambiente e administrador da Fundação Oceano Azul.

Portos da Figueira da Foz e de Aveiro disparam em Agosto e consolidam variação homóloga de +3,9%

Pela positiva destacaram-se, no decorrer do mês de Agosto, os portos de Aveiro e da Figueira da Foz, com crescimentos acentuados de +26,5% e de +17,2%, respectivamente. Ao olharmos isoladamente para Agosto verificamos que a carga contentorizada denotou um crescimento homólogo de +11,5%, sendo factor decisivo para fixar o valor global da movimentação mensal nos 8.235.376 de toneladas.
 

TEMPESTADE LESLIE Ministra do Mar classifica de «muito grave» a situação no Porto da Figueira da Foz

A Ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, classificou, esta quarta-feira, a situação no porto de pesca e comercial da Figueira da Foz de "muito grave", no seguimento da tempestade Leslie, e estima prejuízos de 5 milhões de euros.

"Há uma cenário de grande complexidade na Docapesca, no porto comercial, na indústria de pescado, bem como em toda a pesca", estimando um valor "ainda não muito concreto" de 5 milhões nos prejuízos da economia do mar, sem contabilizar ainda o facto de "não se poder laborar durante algum tempo".

MAU TEMPO Prejuízos superiores a cinco milhões de euros na área portuária da Figueira da Foz

A passagem da tempestade Leslie pela área portuária da Figueira da Foz provocou prejuízos superiores a cinco milhões de euros, de acordo com um levantamento preliminar dos danos concluído dia 16, revela Luís Leal, do Conselho de Administração do porto (APFF).

Em declarações à agência Lusa, Luís Leal estimou os prejuízos entre os cinco e os seis milhões de euros, quer em infraestruturas públicas adstritas à atividade portuária, quer em empresas e associações instaladas na área de domínio público marítimo.

Navio de cruzeiros Hebridean Sky no Porto da Figueira da Foz

O navio de cruzeiros Hebridean Sky atracou esta quarta-feira, por volta das 7h00, no Porto da Figueira da Foz, tendo deixado esta cidade cerca das 18h00. Construído em 1991, navega actualmente com bandeira das Bahamas.
 

FIGUEIRA DA FOZ Aprofundamento do canal do porto começa em Julho de 2019

A adjudicação do projecto e do estudo de impacte ambiental do aprofundamento da barra e do canal de navegação do Porto Comercial da Figueira da Foz será feita em outubro. As obras, por sua vez, deverão iniciar-se no último trimestre de 2019, estendendo-se até julho de 2021.O custo da empreitada está estimado em 16 milhões de euros. O valor das obras é cerca de um terço em relação àquele que estava inicialmente previsto.

FIGUEIRA DA FOZ São Pedro quer museu do mar

Um grupo de moradores da freguesia de São Pedro está a tentar sensibilizar o Presidente da Câmara, João Ataíde, para a instalação de um museu do mar naquela freguesia da margem sul da cidade.
Ao que o DIÁRIO AS BEIRAS apurou, o autarca já se deslocou aos espaços disponíveis, um privado e dois públicos - os últimos, no Cabedelo.
A autarquia, segundo a mesma fonte, ainda não tomou uma decisão, mas deverá mandar fazer um estudo.

EM DIA DE GREVE TOTAL DECRETADA PELO SEAL Porto da Figueira da Foz operou sem perturbações

Naquele que era o primeiro dia de greve total decretada pelo SEAL para o Porto da Figueira da Foz, as operações decorreram normalmente e sem qualquer perturbação.
Quem o garante é Raúl Capão, Manager da Foztráfego, que, à nossa publicação garantiu mesmo que, embora grande parte dos estivadores da Figueira da Foz sejam associados do SEAL, a maioria desses mesmos associados optou por ignorar o apelo lançado desde Lisboa por António Mariano.

FIGUEIRA DA FOZ Dragagens abastecem Praia da Cova com areia

Novas dragagens deverão arrancar em breve para abastecer a Praia da Cova, a norte do quinto molhe, localidade da freguesia de São Pedro, onde a erosão costeira ameaça a zona residencial. A transferência de areia, da barra e do areal urbano, envolve a Administração do Porto da Figueira da Foz (APFF) e a Agência Portuguesa d Ambiente (APA).

MIGUEL MARQUES (PwC): Sal Novo - Estuário do Mondego (Figueira da Foz)

A cidade da Figueira da Foz percebeu muito bem que para além de tremendamente injusto, seria profundamente irracional esquecer toda uma cultura ligada a este extraordinário produto. A criação do núcleo museológico do sal é um sinal fantástico de como a antropologia, a sociologia e a museologia nos podem dar pistas importantes para o futuro. Preservando a memória e o legado do passado, os Figueirenses criaram uma nova dinâmica para as salinas do Estuário do Mondego, que envolve a museologia, a cultura, a sociologia da comunidade de Marnotos que ali se instalou e que tendia a desaparecer.

Porto da Figueira da Foz regista crescimento histórico

Segunda dados avançados ao DIÁRIO AS BEIRAS pela Administração do Porto da Figueira da Foz (APFF), o movimento de cargas no porto comercial registou, no segundo trimestre deste ano, um crescimento de três por cento, em comparação com o período homólogo de 2017. No total, até finais de junho, foram movimentadas 1,3 milhões de toneladas, mais 37 mil. Por outo lado, o saldo positivo da balança comercial cresceu cerca de 10 por cento, com as exportações a atingirem os 70 por cento.

Volume de cargas movimentadas aumenta 12,4% no Porto da Figueira da Foz

O Porto da Figueira da Foz registou, este ano, um aumento de 12,4 por cento das cargas movimentadas, em comparação com período homólogo de 2017. Quem o afirma é a Autoridade da Mobilidade e dos Transportes.

FIGUEIRA DA FOZ Entrega de Prémios do Concurso «Sol a Sal»

Foram entregues os prémios do Concurso "Sol a Sal", organizado pelo Laboratório MAREFOZ (MARE- UC), com o apoio do município, da ACIFF, da Incubadora de Empresas, da Direção Geral dos Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos e da SATIVA.
O concurso teve como objetivos a valorização do produtor e método de produção de sal marinho, a valorização dos produtos diferenciados do salgado e incentivar a inovação.

Surf à noite pode aumentar interesse pela Figueira da Foz

A implementação de um projeto que vai permitir surfar à noite no Cabedelo agrada aos surfistas, que dizem que pode aumentar o interesse nacional, mas também internacional, por aquela praia da Figueira da Foz.

O sonho de se surfar à noite na praia do Cabedelo era antigo e está mais próximo de se concretizar, depois de o município ter apresentado o projeto de intervenção para o local, que inclui a iluminação para permitir a prática da modalidade depois de o sol se pôr.

ESPECTACULARES FILMAGENS COM DRONE Navio de cruzeiros «Corinthian» partindo da Figueira da Foz

Filmagens aéreas da partida do navio de cruzeiros «Corinthian», a 3 de Outubro, do Porto da Figueira da Foz. O navio de cruzeiros «Corinthian» escalou o Porto da Figueira da Foz vindo de Leixões, cumprindo mais uma etapa de viagem iniciada em Bordéus.

FUNDADO EM 1895 Ginásio Clube Figueirense

Fundado a 1 de Janeiro de 1895, é o sexto clube mais antigo de Portugal. Nesse ano, quando se fundou o Club Gymnastico Velocipédico Figueirense – a designação inicial do Ginásio Clube Figueirense, já havia uma tradição desportiva na pequena cidade.

FUNDADO EM 1984 Clube Náutico da Figueira da Foz

O Clube Náutico da Figueira da Foz foi fundado em 1984 por um grupo de entusiastas dos desportos náuticos, como resposta à necessidade de uma estrutura de apoio às suas actividades.

FUNDADO EM 1997 Clube do Mar de Coimbra

Fundado em 1997 com apoio da Fundação dos Oceanos, o Clube do Mar de Coimbra – Associação para o Desenvolvimento da Vela, reiniciou actividades em 2006, desenvolvendo grande esforço no ensino e prática da vela desportiva em toda a Região Centro.

Terminal de Carga Geral

Localizado na zona mais a jusante do porto. Terminal com 462m de comprimento, 5 postos de acostagem para navios com 90 m comprimento e fundos à cota - 5 m ZH.
Capacidade de receção de navios até cerca de 4.500GT.

Terminal de Granéis Sólidos

Localizado a montante do Terminal de Carga Geral com 180 m de cais acostáveis, acrescentando-se o cais e ligação ao Terminal de Carga Geral, totalizando 420 m de comprimento acostável, com fundos a -7,00 m ZH (-8,00 m ZH na zona do cais de ligação).
Oferece um total de utilização potencial de 3.200 m2 de área de armazenagem coberta e 7.250 m2 de área de armazenagem a descoberto a poente da Ponte Edgar Cardoso.

Terminal de Receção de Produtos Betuminosos

Licenciado à empresa Asfalcentro, SA, destina-se à movimentação de granéis líquidos (tipo betuminosos ou combustíveis)
Localiza-se na área de expansão do Porto, a montante da futura Portaria, possui 4 tanques de armazenagem com 1.600 m3 de capacidade cada, 1 cais acostável com dois duques-de-alba, para navios até cerca de 6.500 DWT, 100 m de comprimento e 6,5 m de calado máximo.

Doca dos Bacalhoeiros

Situada na zona norte do porto com uma área molhada de 19.800 m2 onde se encontram instaladas as atividades pesca e construção e reparação naval, nomeadamente as seguintes empresas:
• Estaleiros Navais do Mondego
• Companhia Portuguesa de Trabalho Portuário
• Empresa Figueirense de Pesca

Porto de Pesca Costeira

O Porto de Pesca fica situado no troço final da confluência do braço sul do Rio Mondego com o Canal principal. O Porto encontra-se subdividido em zonas de atividade diferenciadas.

Marina de Recreio

A Marina de Recreio situa-se na margem direita do rio em local nobre da cidade. Esta doca está vocacionada para apoio à Náutica de Recreio e aos serviços marítimos do porto. O Sector de Recreio serve uma frota de embarcações predominantemente local com comprimentos até 20 metros, acolhendo eventualmente embarcações de passagem que ficam estacionadas no cais de serviço, e dispõe de fundos até -4,00 mtrs ZH.

VISITE O NOSSO CANAL Porto da Figueira da Foz no YOUTUBE

O Porto da Figueira da Foz marca presença no YOUTUBE. Pode acompanhar-nos no endereço http://www.youtube.com/user/portofigueiradafoz, aproveitando para subscrever o canal, ficando assim a par das novidades.

Porto da Figueira da Foz no SLIDESHARE

O Porto da Figueira da Foz marca presença no Slideshare. Trata-se de recurso destinado à publicação de apresentações em powerpoint, ficheiros pdf, entre outros. Pode acompanhar-nos no endereço http://www.slideshare.net/portofigueiradafoz/.

CONSTRUÍDO PELOS ESTALEIROS NAVAIS DO MONDEGO Discurso de Bissaya-Barreto na entrega do arrastão «Almourol»

Notícia na primeira página do bi-semanário “O Figueirense”, reportando a cerimónia de entrega, em Lisboa, do arrastão “Almourol”, construído pelos Estaleiros Navais do Mondego, na Figueira da Foz.

Núcleo Museológico do Sal da Figueira da Foz

O Núcleo Museológico do Sal da Figueira da Foz fica em Armazéns de Lavos, inserido na Salina Municipal do Corredor da Cobra, adquirida, em 2000, pela Câmara Municipal da Figueira da Foz, que a retirou do abandono. Aos visitantes é dada a oportunidade de conhecer o centro interpretativo e a salina, mas não só.

FIGUEIRA DA FOZ (1930-1960) Apontamentos sobre o turismo balnear

Trindade Coelho permite-nos descobrir os pioneiros da vilegiatura figueirense entre o grosso dos elementos da Academia coimbrã, dando nota de que esta constituía a base da elite social que acorre à praia figueirense, referindo que “os rapazes que frequentavam a Universidade costumavam passar na Figueira, à volta das férias grandes, os primeiros quinze dias do mês de Outubro.”

Newsletter: Subscrever | Newsletter: Cancelar | Política de Privacidade e Termos de Utilização

feed
mapa